Acúmulo de nutrientes em abóbora em função do número de plantas e aplicação de nitrogênio em cobertura

Carla V. Corrêa; Nélida E. Q. Silvero; Walter L.P. Antunes; León Cimó; Matheus V. Redigolo; Antonio I.I. Cardoso

  • Carla V. Corrêa
  • Nélida E. Q. Silvero
  • Walter L.P. Antunes
  • León Cimó
  • Matheus V. Redigolo
  • Antonio I.I. Cardoso
Palavras-chave: Cucurbita moschata; densidade; adubação.

Resumo

A adubação e a densidade de plantio são fatores decisivos na produção de hortaliças, sendo que existem poucas pesquisas nestas áreas com os modernos híbridos de abóbora. Objetivou-se com este experimento avaliar o efeito de doses de nitrogênio e número de plantas por cova no acúmulo de nutrientes pelas plantas de abóbora. Foram estudados dez tratamentos, em esquema fatorial 5 x 2, sendo cinco doses de nitrogênio em cobertura (0, 63, 125, 188 e 250 kg ha-1) e dois números de plantas por cova (1 e 2). O delineamento foi em blocos casualizados, com quatro repetições, cinco covas úteis por parcela e espaçamento de 2 x 1m. Foram avaliados o acúmulo (g planta-1) de macronutrientes pelos frutos e pela parte aérea. A ordem decrescente de acúmulo de nutrientes pelos frutos foi K > N > P > S > Mg > Ca e para a parte vegetativa foi Ca>K>N>Mg>P>S, com 2 plantas por cova.

Publicado
2021-01-18