Biopolímeros sintetizados por linhagem selvagem de Escherichia coli

Rafaela Marise Hall; Camila Patrícia Favaro; Monalisa Ayumi Ohara; Carolina Castilho Garcia

  • Rafaela Marise Hall
  • Camila Patrícia Favaro
  • Monalisa Ayumi Ohara
  • Carolina Castilho Garcia
Palavras-chave: Processo fermentativo; produtividade.

Resumo

Os biopolímeros são polissacarídeos que apresentam grande diversidade de aplicações, podendo ser utilizados na produção de embalagens e filmes flexíveis, possuem ampla utilização na área de alimentos, especialmente como espessantes e gelificantes, com uso potencial na área de cosméticos e na exploração do petróleo. Atualmente, muitos estudos estão relacionados ao fato dos biopolímeros apresentarem propriedades reológicas de interesse, representando um alto potencial de aplicação industrial. O presente trabalho teve como objetivo estudar a viabilidade da produção de biopolímeros através de processo fermentativo utilizando linhagem selvagem de Escherichia coli isolada do ambiente, a partir dos substratos glicose, sacarose e melaço. Os ensaios foram realizados em triplicata, sob condições controladas de temperatura e agitação, e a extração do biopolímero foi realizada em acetona e álcool isopropílico. Foram avaliados a produtividade do processo fermentativo e o rendimento da extração com os dois solventes. Verificou-se que a maior produtividade da fermentação foi obtida no meio convencional de sacarose e que a acetona apresentou maior rendimento de extração do biopolímero quando o processo fermentativo foi conduzido utilizando os meios de sacarose e melaço.

Publicado
2021-01-15