Determinação do potencial hídrico do Campus Erechim da Universidade Federal da Fronteira Sul

Franciele Coghetto; Gismael Francisco Perin; Rafaela Badinelli Hummel; Lucas Donato Toso

  • Franciele Coghetto
  • Gismael Francisco Perin
  • Rafaela Badinelli Hummel
  • Lucas Donato Toso
Palavras-chave: Vazão; curso d’ água; método flutuador; pluviosidade; Floresta Ombrófila Mista

Resumo

O uso irracional dos recursos naturais provocam transformações nas propriedades físicas, químicas e biológicas dos ecossistemas naturais. A cidade de Erechim/RS possui 555,6 km de cursos da água, com padrão de drenagem dendrítico, com dados de vazão hídrica pouco estudados. O objetivo do trabalho foi conhecer os dados fluviométricos existentes nos cursos d’água no Campus Universitário da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) de Erechim/RS a fim de avaliar a potencialidade hídrica destes cursos. Para o estudo da vazão se utilizou o método do flutuador em cinco estações de amostragem no período de setembro a novembro de 2010. A análise de correlação linear entre as variáveis pluviosidade e vazão foi positiva nos pontos 1 (r = 0, 96706911), 2(r = 0,45051822), 3(r = 0,909426) e 5(r=0,76490981), demonstrando que existe uma relação entre a taxa de vazão e a quantidade de chuva registrada nos dias anteriores a coleta, sendo que no ponto 4, a correlação foi negativa (r = -0,50415) fato que pode ser atribuído ao impacto causado pela desvio de curso d’água e seu consequente represamento.

Publicado
2020-12-17