Produção de alface submetida a diferentes frações de irrigação

Lorena Maia Noreto; Vanessa Daniele Mattiello; Patrícia Paro; Jeferson Klein; Reinaldo Prandini Ricieri; Reginaldo Ferreira Santos; Regiane Slongo Fagundes

  • Lorena Maia Noreto
  • Vanessa Daniele Mattiello
  • Patrícia Paro
  • Jeferson Klein
  • Reinaldo Prandini Ricieri
  • Reginaldo Ferreira Santos
  • Regiane Slongo Fagundes
Palavras-chave: Lactuca sativa; Tanque Classe A; evapotranspiração.

Resumo

A fim de avaliar o efeito de diferentes níveis de irrigação, baseados em frações da evaporação do Tanque Classe A (ECA) (0,50; 1,00; 1,50; 2,00; 2,50;) sobre o comportamento produtivo da cultura da alface, variedade Grand Rapids TBR, cultivada em uma estufa plástica e irrigada por gotejamento, realizou-se um experimento durante o período de abril a maio de 2007, em ambiente protegido. O comportamento produtivo foi avaliado através da determinação da matéria seca, produtividade em folhas e viscosidade das mesmas. Os resultados mostram que a resposta das variáveis número de folhas, altura e massa fresca da
raiz em função da porcentagem de água usada nos diferentes tratamentos foi quadrática com concavidade voltada para baixo indicando queda acentuada na resposta a partir do tratamento T3, que são laminas de irrigação aplicadas acima do nível de reposição de 150% da evapotranspiração do Tanque Classe A. As variáveis diâmetro, massa fresca e massa seca, com concavidade voltada para cima com aumento proporcional de produção em relação à disponibilidade de água.

Publicado
2020-12-11