Diagnóstico energético em aviários de frangos de corte

Erick Carezzato da Silva; Tania Claudia Pintro; Tábata Zingano Bischoff; Cristiane Lurdes Paloschi; Jair Antonio Cruz Siqueira; Carlos Eduardo Camargo Nogueira

  • Erick Carezzato da Silva
  • Tania Claudia Pintro
  • Tábata Zingano Bischoff
  • Cristiane Lurdes Paloschi
  • Jair Antonio Cruz Siqueira
  • Carlos Eduardo Camargo Nogueira
Palavras-chave: Avicultura; energia; fator de potencial.

Resumo

Aviários de corte possibilitam uma excelente fonte de renda com pouca mão de obra para o agricultor tornando se viável esta atividade. Deste modo, o objetivo do trabalho foi avaliar os fatores energéticos envolvidos em um aviário para poder reduzir o custo com a energia elétrica na produção avícola e também  contribuir para a redução no consumo de energia no setor rural. Nesta pesquisa foi analisado o consumo energético em dois aviários de frangos de corte, no período de 26 de agosto a 2 de setembro de 2011, considerando uma semana típica de trabalho na qual avaliou dois sistemas de energia elétrica no aviário, quanto ao seu uso racional, em que se coletaram dados da potência ativa, potência reativa e fator de potência em intervalo de tempo de cinco minutos por amostra em um período de sete dias. Para o fator do consumo de energia reativa, a diferença entre o dia com maior e menor consumo é de 42,69 kWh. O fator de potência está inferior ao que diz a legislação vigente. É imprescindível tomar medidas mais focalizadas no uso coerente da energia e término do diagnóstico completo para aumentar a eficiência do sistema.

Publicado
2020-12-11