Avaliação de diferentes densidades na produção de Crambe

Diogo Ramos Santos; Octávio Henrique Viana

  • Diogo Ramos Santos
  • Octávio Henrique Viana
Palavras-chave: Biodiesel; Crambe abyssinica; óleo vegetal

Resumo

A cultura do (Crambe abyssinica) tem grande potencial produtivo, e é utilizado como matéria prima para formulação de Biodiesel, podendo chegar a 38 % de óleo a ser extraído de sua semente, sendo importante fonte de energia renovável e que contribui para sustentabilidade ambiental, além de cumprir papel como cobertura de solo, rotação de cultura e uma excelente opção para a safrinha. O presente trabalho tem por objetivo avaliar a produtividade do Crambe frente às diferentes densidades populacionais, 8, 12 e 16 kg ha-1 de semente, utilizando espaçamento de 0,45 m, com adubação na base de 300 kg ha-1 de 8-20-20 (NPK). O plantio foi realizado na segunda quinzena de Abril, perfazendo 3 tratamentos com 7 repetições cada, totalizando 21 parcelas. O ciclo teve duração de 105 dias do plantio até a maturação dos grãos, foi colhido de forma manual com 114 dias de ciclo. Os resultados obtidos não apresentaram diferença estatística a teste de 5% de significância, a média geral foi de 544 kg ha-1, coeficiente de variação de 33%, diferença mínima significativa de 257,6 kg ha-1. As condições climáticas favoreceram uma baixa produção final.

Publicado
2020-12-10