Construção de indicadores de desenvolvimento rural sustentável feita por trabalhadores rurais de dois assentamentos de Ramilândia, PR

Pedro Celso Soares da Silva; Nardel Luiz Soares da Silva; Rubens Fey; Wilson João Zonin; Armin Feiden; Adriana Maria De Grandi

  • Pedro Celso Soares da Silva
  • Nardel Luiz Soares da Silva
  • Rubens Fey
  • Wilson João Zonin
  • Armin Feiden
  • Adriana Maria De Grandi
Palavras-chave: Saberes; diálogo; participação.

Resumo

O estudo teve por objetivo de conhecer os indicadores de sustentabilidade mais importantes segundo o ponto de vista de trabalhadores rurais assentados, em Ramilândia, Paraná. Como ferramenta para realização do trabalho empregou-se a metodologia do Diagnóstico Rural Participativo. O estudo foi feito em março de 2011 com uma amostragem de 40 famílias de dois assentamentos. Com a realização deste estudo foi possível verificar que os trabalhadores rurais assentados indicaram a mecanização agrícola, a infra-estrutura, o reflorestamento para consumo próprio e políticas governamentais como os principais indicadores de sustentabilidade das dimensões técnica, econômica, social e ambiental para dar suporte aos processos de produção agropecuária dentro dos assentamentos no qual estão inseridos.

Publicado
2020-12-10