Tratamentos pré-germinativos em couve-flor

Juliane Malaggi; Clair Aparecida Viecelli; Claudia Tatiana Araújo da Cruz Silva

  • Juliane Malaggi
  • Clair Aparecida Viecelli
  • Claudia Tatiana Araújo da Cruz Silva
Palavras-chave: Brassica oleracea var. botrytis; crescimento; germinação; produtividade; sementes

Resumo

O objetivo deste trabalho foi testar diferentes tratamentos pré-germinativos para avaliar a germinação de sementes de couve-flor (Brassica oleracea var. botrytis hid. casablanca x mejorado), visando aumentar a produtividade. As sementes foram submetidas aos tratamentos controle, imersão em água de coco, hipoclorito de sódio, ácido giberélico, nitrato de potássio, água quente a 70ºC e escarificação mecânica com lixa. Os dados foram submetidos ao teste de Tukey ao nível de 5% de probabilidade. Após 10 dias de cultivo os resultados demonstraram que os tratamentos utilizados inibiram a germinação e o crescimento radicular das plântulas comparado com o controle e a água de coco. O crescimento da parte aérea foi inibido nos tratamentos com hipoclorito de sódio e escarificação mecânica. Esta semente apresenta baixo índice de germinação a campo, mas observa-se que o controle atingiu um percentual de 100% em laboratório, superior a todos os outros tratamentos testados. Assim sugerem-se novos estudos a campo com os mesmos padrões para uma avaliação nas possíveis interferências germinativas.

Publicado
2020-12-10