Adubação foliar na estimulação de nodulação e produtividade da soja

Renato Cassol de Oliveira; Davi Brock dos Santos

  • Renato Cassol de Oliveira
  • Davi Brock dos Santos
Palavras-chave: Glycine max; FBN; nitrogênio.

Resumo

A soja (Glycine max (L.) Merrill) é um dos principais produtos agrícolas do Brasil, sendo que é o maior exportador do mundo e o segundo maior produtor com 67,86 milhões de toneladas do grão, na safra 2009/10. Sendo o nitrogênio o macro nutriente de maior importância na produção do grão, sua disponibilização para as plantas é fundamental. A fixação biológica de nitrogênio através das bactérias do gênero Bradyrhizobium garantem um significativo suprimento de N. Visando verificar o efeito da adubação foliar na estimulação de nodulação e produtividade da soja, este trabalho foi desenvolvido em uma lavoura comercial.
Para tanto, o delineamento utilizado no experimento foi inteiramente casualizado com cinco tratamentos com quatro repetições cada. As repetições foram demarcas com 5x5m, para aplicação dos produtos nas dosagens recomendadas pelo fabricante, aos 30 e 60 dias. A coleta de dados foi realizada aos 30 e 60 dias após a semeadura para analise de nodulação, massa verde, e seca, crescimento radicular e produtividade. Para os parâmetros nodulação, crescimento radicular, peso de mil grãos e produtividade os tratamentos não diferiram para Tukey 5%, já para as variáveis massa verde e seca os tratamentos Ubyfol e Bioamino se
mostram superiores aos demais.

Publicado
2020-12-09