Efeito alelopático de grama seda no desenvolvimento de plântulas de alface e feijão

Letícia Angélica Borgio Jukoski; Gláucia Cristina Moreira; Andréia Cristina Peres Rodrigues

  • Letícia Angélica Borgio Jukoski
  • Gláucia Cristina Moreira
  • Andréia Cristina Peres Rodrigues
Palavras-chave: Cynodon dactylon; Lactuca sativa; Phaseolus vulgaris, alelopatia.

Resumo

Cynodon dactylon (L.) Pers., é uma planta daninha conhecida por grama-seda, com ampla distribuição nas regiões tropicais e subtropicais. Seus extratos aquosos de acordo com estudos inibiram o crescimento inicial de raiz e da massa verde em plântulas de algodão, milho e capim-arroz. Este estudo objetivou verificar o efeito do extrato aquoso de grama seda sobre a germinação e o crescimento inicial de plântulas de alface e feijão. Foi realizado um delineamento experimental com três tratamentos e quatro repetições para cada espécie, sendo os tratamentos: testemunha (água destilada) e extratos preparados a partir de parte aérea, raiz e da mistura raiz mais parte aérea da grama seda. Foram realizadas as análises: porcentagem de germinação, comprimento da radícula e parte aérea e porcentagem de plântulas anormais. Os resultados foram submetidos à análise de variância e as médias comparadas com teste de Tukey a 5% de probabilidade. Pode-se concluir que o extrato de grama seda influenciou positivamente na cultura de feijão onde obteve-se uma maior média de comprimento de raiz, ao contrário do que na cultura de alface onde influenciou negativamente no crescimento, como também na variável número de plântulas anormais.

Publicado
2020-12-09