Estudo comportamental de alevinos de piracanjuba (Brycon orbignyanus) confinados em ambientes pequenos

Juliana Alice Lösch; Carmino Hayashi; Dacley Hertes Neu; Odair Diemer; Aldi Feiden; Wilson Rogério Boscolo

  • Juliana Alice Lösch
  • Carmino Hayashi
  • Dacley Hertes Neu
  • Odair Diemer
  • Aldi Feiden
  • Wilson Rogério Boscolo
Palavras-chave: Agressividade; bem estar; comportamento; peixe nativo.

Resumo

400 alevinos de piracanjuba (Brycon orbignyanus) foram submetidos ao estudo comportamental em 80 aquários de vidro com volume de 30 litros. Os animais receberam três dietas diferentes para não sofrerem interferência do manejo alimentar, e foram distribuídos em cinco alevinos por unidade experimental. As piracanjubas mostraram ser animais agressivos e territorialistas na fase de alevinos. O comportamento mais comum foi: a) contatos boca com boca; b) contatos boca com cauda; c) contatos boca com nadadeira dorsal; d) perseguição do dominante; e) ameaças dos dominantes aos coespecíficos e f)ataques contra a lateral do corpo. Contudo, mais observações são imprescindíveis em estudos com peixes, pois o próprio meio pode estar influenciando negativamente o cultivo.

Publicado
2020-12-09